ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Chocolate Oreo é retirado das prateleiras após erro de tradução na Índia



Por Janaina de Aquino.

A marca Milka é tratada como verdadeira sensação desde que o chocolate foi inventado. Um de seus lançamentos mais recentes, a barra de Milka sabor Oreo, que combina chocolate ao leite com o biscoito Oreo, contudo, causou alvoroço pelos motivos errados: em meados de agosto, o produto foi recolhido das lojas de Dubai depois de um rumor nas redes sociais que as barras de chocolate continham álcool.

O Departamento de Segurança Alimentar indiano afirmou, depois dos testes feitos, que não foi encontrado nenhum vestígio de álcool, apesar da indicação na listagem de ingredientes. Segundo uma oficial do Departamento, "o problema era um erro de tradução no rótulo do produto".

Na versão árabe do rótulo, a palavra para o ingrediente "licor de cacau", que é o chocolate puro em sua forma líquida, foi dividida, por lapso, em duas palavras durante o processo de tradução. "Eles traduziram licor como bebida alcóolica em árabe", explica a oficial. Isso deu vazão à toda a confusão.

Depois de esclarecido o mal entendido, a oficial do Departamento declarou que o produto é halal¹ (permitido) e seguro para o consumo, mas só retornarà às lojas quando a tradução dos ingredientes for retificada para evitar confundir os consumidores.

"Nós também entraramos em contato com a empresa para que fizessem a correção e descobrissem quem cometeu o erro", acrescentou a oficial. 

A questão pode parecer inusitada, mas é séria. Neste caso, não houve nenhum prejuízo à saúde do consumidor, mas teve claramente um impacto cultural. Para quem não sabe, o álcool é proibido em algumas partes da Índia: o produto foi totalmente banido nas ilhas Lakshasweep e nos estados de Manipur, Mizoram e Nagaland, no norte do país. Diversos estados da Índia possuem leis para prevenir venda e consumo de álcool (Kerala e Bihar estão em processo de inibir a venda e consumo do produto). Na obra "O local e o universal na tradução de produtos comésticos e comestíveis" se aborda os problemas advindos de erros de tradução em rótulos de cosméticos e comestíveis. 


Fonte: GulfNews / Ibt.


¹ Este texto foi traduzido/adaptado de um jornal indiano, o qual utiliza a palavra "halal" para se referir ao produto. Halal (em árabe: حلال; transl.: ḥalāl , "permitido, autorizado") é uma palavra que se refere, no islão, aos comportamentos, formas de vestir e de falar, alimentos que são permitidos pela religião,[1] sendo o seu antónimo haraam.

Publicado em 29 de agosto de 2016.

Nenhum comentário